quarta-feira, 6 de julho de 2011

É isto

« Eu quero a minha escova de dentes ao lado da tua na nossa casa de banho, a tua roupa misturada com a minha no guarda-roupa, e o teu cheiro na minha camisola preferida. Quero acordar a meio da noite e ficar a observar-te a dormir durante horas, olhar para o teu rosto calmo, suspirar e sentir-me a pessoa mais sortuda do mundo por simplesmente respirar o mesmo ar que tu. Brincar com as tuas mãos durante uma conversa séria, morder-te quando sentir vontade e mimar-te até implorares para que eu pare. Dar-te os apelidos mais parvos e infantis, escrever o meu nome ao lado do teu com um coração no meio, ficar horas ao telefone contigo, nem que seja para não falar, nem que seja só pra te ouvir respirar e depois discutir sobre quem vai desligar primeiro. Roubar-te o phone do ouvido e ainda criticar a tua música, e despentear o teu cabelo só pra te irritar. Fingir que te vou beijar e desviar para a tua testa só pra ver a surpresa no seu rosto, rir-me de todas as tuas piadas mesmo que elas não tenham graça nenhuma ou sejam sobre mim. Deitar-me contigo num sofá numa tarde de domingo e falar sobre o nosso futuro, escolher o nome dos nossos filhos e decidir se vamos ter um cão ou não. E se isso não é amor, eu não faço ideia do que mais possa ser. »
(Vinícius Kretek)
É preferivel ir atrás, e lutar pelo que gostamos, do que ficar á espera a ver se alguma coisa cai do céu.