domingo, 21 de agosto de 2011

19ª carta para alguém que queiras dizer tudo, mas tens receio

Não era por aqui que te gostava de falar. Gostava de puder falar contigo, e puder dizer dizer-te tudo. Eu sei que posso, mas tenho receio de qual seja a tua resposta. Se é a mesma que a minha, ou então mais uma cruz escrita no peito. No fundo tu sabes bem o que te quero dizer, tu conheces-me. Eu ainda gosto de ti, e tentei enganar-me a mim própria, tentei mentir-me e ser forte. Podes achar exagero mas gelei por completo. Desejava apenas nunca ter nascido. Ou seja, nem estava em mim. Gostava ainda de te puder dizer que quando sinto que estás perto, mexes comigo e fazes coisas que se calhar finges que não sabes. Ter saudades de pessoas que estão perto, custa, talvez já tenhas sentido isto não? Bem, eu sinto a toda a hora. Mas acredita que nesses momentos, tento apenas ver o que há nos teus olhos e pensar no que vai dentro de ti, e na tua mente. É dificil dizer que gosto de ti mais do que qualquer coisa, é... Podem chamar-me ingénua, até talvez demasiado esperançosa. Mas eu continuo aqui, e faço os possiveis para te cumprir a promessa que fiz. Volta. Amo-te, sabes bem.

Um comentário:

alguém (: disse...

Está linda, tal como todas as outras cartas :)
Luta por aquilo que amas Mariana.