segunda-feira, 17 de outubro de 2011

As sensações que a pessoa pode ter, podem ser aleatórias, ou então bastante diferentes do que pensam. É verdade. Todos nós pensamos sempre que não conseguimos passar por cima dos obstáculos, que temos que ficar eternamente á espera que o resto de suma para ficarmos bem, que chegue algo tão belo por quem nos "cria" um novo eu, que faz com que tenhamos sentimentos e impulsões. Faça algo por quem temos uma certa irritação, uma certa dificuldade em dizer o que é, uma certa dificuldade em descrever aquilo de tão complicado se mantém lá dentro. Somos todos assim, e somos todos atingidos por o mais mortifero. Não, mortifero não, porque aquilo que não nos mata só nos torna mais fortes. O que quero dizer é que tudo aquilo que passamos, e que palpitou mais rápido, fica tudo cravado na nossa memória, e por mais que tentemos apagar o que aconteceu, nada desaparece. E sempre que acontece, fica gravado no nosso coração como uma marca de guerra que não interfere no futuro. E por isso eu não te digo Adeus.

9 comentários:

disse...

é mesmo, e é sempre tão incontrolável, não é? gostei muito também:)

Aurora disse...

obrigada linda <3

Aurora disse...

nada linda <3

vera • disse...

gostei bastante :)

Filipa' disse...

obrigada Mariana (: <3

sophia disse...

obrigada meu doce, irei fazê-lo :)

sophia disse...

esperemos que tenhas razão :)

sophia disse...

és um doce e escreves muito bem, acredita :)

Sara Martins disse...

é mesmo minha querida, mas nós ultrapassamos vais ver, muita força para ti minha linda! muito obrigada pelas palavras e por seguires, eu não consigo seguir o teu se não tiveres a aplicação dos seguidores porque a minha conta anda com um problema qualquer docinho s:
gosto imenso do teu cantinho e queria muito seguir! ;c. gostei tanto do post, disseste tudo, estou tão de acordo, está mesmo lindo, beijinhos <3