domingo, 27 de novembro de 2011

não finjas algo que não és

Eu sei que não andas bem e que finges. Sei que mentes muito com esse sorriso falso e com esse "estou bem, estou normal". Eu sei que mentes, porque quem te conhece sabe bem o que és. E eu sei, e por isso, como estou constantemente a dizer, quero que me digas como te sentes e se te falta algo. Eu sou como tu, mas eu tenho noção que a ti posso dizer-te seja o que for, e independentemente das minhas decisões que estás pronta para me ajudar e para me ouvir. Eu posso-te pedir que faças isso comigo também? Acho que é o minimo que te posso pedir, e o minimo que posso fazer para atenuar essa dor e massacre que tens levado contigo durante estes meses. Tal como tu, também te quero ver bem, e quero o teu bem, por isso ajuda-me também a ultrapassar todos os problemas, e acredita, que será um pouco mais fácil.

14 comentários:

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

gostei muito deste texto.

sophia disse...

obrigada querida, eu quero muito que ele se orgulhe e vou fazer por isso.

Aurora disse...

eu sempre adorei o teu. não te recordas de mim?

PaulaS disse...

oh, obrigada querida, não desistirei mesmo!

gostei muito do teu blog, mas n sei onde seguir :s

sophia disse...

oh obrigada, és um doce :)

sophia disse...

e ajudaste muito, só por teres dito palavras tão doces que me aqueceram um pouco o coração :)

Aurora disse...

que bom querida. olha já sigo <3

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

nada a agradecer mesmo :)

sophia disse...

és um doce :)

PaulaS disse...

oh, és mesmo querida :))

PauloSilva disse...

Por vezes as pessoas vestem o tal manto feliz só para não demonstrar o quão negras estão por dentro :x

Soraia Loureiro disse...

obrigada minha fofinha *

sophia disse...

oh , mas tu és mais :)

Agostinho Barros disse...

ADOREII, a seguir ^-^ , segues.me? só se gostares *-*