terça-feira, 28 de agosto de 2012

Carta para um dos melhores amigos


Nunca escrevi para ti, e não penses que não é por não mereceres. Sabes que não é isso... Só não tive oportunidade ou não me lembrei. Não penses que é por não seres importante para mim, porque és, e não é preciso demonstra-lo a cada segundo que estamos juntos. Que mais posso dizer-te? És bestial miúdo, gosto tanto de ti. Admiro-te por seres quem és, por teres esse feitio e essa tua maneira meiga de dominar as coisas. De controlar a bagunça deste mundo e das brigas entre os próximos. É isso que faz de ti quem és, é as tuas atitudes. A maneira como ages que muda tudo, e faz com que as tuas imperfeições façam de ti a grande pessoa que és. E quero dizer-te uma coisa ainda mais especial... Mereces o mundo por teres um coração tão grande, nunca duvides. Gosto muito de ti, Rodrigo. És dos melhores, se não... O melhor.

2 comentários:

Mafalda Sofia disse...

Infelizmente.. penso eu.

Mafalda Sofia disse...

Exatamente. Nisso tens excelente razão :)