quinta-feira, 8 de setembro de 2011

14* carta a alguém da tua infância

Não é preciso andar sempre colada a ti a dizer-te o que se passa, ou dizer-te porque estou mal ou feliz, ou mandar mensagens a toda a hora. Tu sabes o que significas para mim, e não é preciso, ou melhor é desnecessário repeti-lo porque tu um dia irias-te cansar de tanta burrice minha, de tanto carinho que sinto. És uma tonta, e temos sempre as nossas discussoes, temos brigas durante meses, e ás vezes sim passamos meses sem nos falarmos, por coisas estúpidas. Não sou o que tu esperavas não era? Mas sabes eu não queria mudar, e eu sei que tu fizeste de tudo para que não houvesse este vazio cá dentro, eu sei que fizeste de tu para mudar as coisas que estavam mal para melhor. Eu não digo que gosto de ti pelas tuas qualidades, porque se dissesse, mentiria. E burrinha, não leves isto como se desprezasse o que tens de bom, mas as pessoas só começam a gostar das doutras, quando encontram a pessoa imperfeita. Quando vêm o que elas são capazes de fazer por elas, o quanto elas agem por elas. No bem e no mal. É preciso repetir que nós não haverá segredos? Não há... Sabes tudo. Ás vezes até demais. Mas isso pouco interessa. Sou capaz de dizer que as vezes és a rapariga mais chata á face da terra, que não posso mais ouvir-te, que não tens razão em nada, Como também posso dizer-te obrigada por teres olhado por mim e por tantos outros, dizer-te que sem ti as coisas comigo tornam-se mais dificeis. E ouve, eu não brinco com o que digo. Tu sabes. Eu digo porque é a verdade. E por isso, digo-te, há pessoas que passam pela nossa vida, umas marcam, e outras permanecem, e se forem como tu, permanecem sempre. Amo-te muito sua totó.

32 comentários:

sophia disse...

gostei :)

rv* disse...

hey mariana :)
obrigada,mas para mim ele já passou a historia,chega de gostar dele a um ano e tal!
e tu pequena?como andas?pelos textos não te "vejo" nada bem...eu estou aqui,força<3

SofiaSilva. disse...

mas o problema é esse, o amor vem só da minha parte.. não aguento viver assim. obrigada, muito obrigada!

SofiaSilva. disse...

nós éramos tão felizes, vivemos o nosso amor de forma tão intensa que eu acreditei que fosse "para sempre", mas acabou. o amor acabou para ele, mas o meu amor por ele cresce mais a cada dia que passa e às vezes até acho que tanto amor e tanta dor não pode caber num só coração. e até me pergunto de que tamanho será o meu coração para ter sempre mais amor para dar e mais lágrimas para esconder. não sei, realmente não faço a minima ideia de que tamanho é o meu coração, mas o que eu sei é que ele já chegou tantas vezes ao limite e foi obrigado a conseguir aguentar sempre mais e mais, e isso causa muitas lágrimas.

Catarina disse...

Oh, muito obrigada querida *

Catarina disse...

Acredita que as pessoas que estão a nosso lado desde sempre são as pessoas que melhor nos conhecem e que nos sentimos melhor.
Adorei *

Sara disse...

Obrigada querida! Gostei*

Inês disse...

já falei :/ não adiantou de nada... as coisas ficam sempre o mesmo... e tu sabes que eu sou forte pitas :) ly!

SofiaSilva. disse...

não vale a pena contar-lhe ou dizer-lhe alguma coisa do que (ainda) sinto. já passaram muitos meses e ele agora está feliz. tem namorada e é feliz. não lhe posso destruir isso, entendes? ele sempre esteve em primeiro lugar na minha vida e sempre há-de estar. se ele estiver feliz, eu também estarei, só por saber que ele sorri.

Sara disse...

O Bob é grande mesmo! Obrigada minha querida sim?

SofiaSilva. disse...

sim, eu percebi o que quiseste dizer. mas um amor assim não se esquece, e está a custar-me muito esquecer. mas eu só quero que ele seja feliz, independentemente do mal e do sofrimento que me causou. não sou rancorosa, nunca fui e acho que é por isso que digo e repito que se ele é feliz, eu também sou, porque é disso que eu vivo, foi disso que eu vivi, da felicidade dele! e não suporto vê-lo acumulado de tristeza dentro dele, simplesmente não dá.

Sara disse...

Isso é bom querida, ainda bem! Obrigada de coração*

AndreiaFilipa disse...

obrigada linda . gosto muito do teu *

AndreiaFilipa disse...

oh, não são nada demais :s mas obrigada mesmo ! eu também já sigo o teu blog há algum tempo, e tu sim, tens textos lindos (:

carina disse...

obrigada querida. também estou seguindo agora

carina disse...

oh obrigada eu!:)

Saara ♥ disse...

muito obrigada *.*
achas-te pacifica?
sigo (:

JoanaProença disse...

já agora, sigo* (:

Sara disse...

adoro e sigo :)

inês disse...

Obrigada, também gostei dos teus textos :) sigo!

c. disse...

obrigada (:

Inês disse...

corre tudo sempre bem de alguma forma: ou com o passar do tempo, ou com o resolver dos problemas (: obrigada miana, mas por enquanto, vou deixar tambem as coisas tomarem o seu rumo próprio sem pressionar nada :/ <3

inês disse...

obrigada :))

inês disse...

é muito bom saber isso :)

marianasalt disse...

sigo, gostei do texto!

Maggie disse...

concordo com a frase do comentário :) obrigada!

sophia disse...

tens razão. obrigada :)

Maggie disse...

obrigada, também gostei do teu :)

soraiafontes disse...

obrigada fofinha :)

Maggie disse...

oh, de nada :)

soraiafontes disse...

oh, obrigada *.*

SofiaSilva. disse...

o engraçado é que às vezes, as pessoas que mais amamos são as que desistem de nós mais rapidamente. é irónico. obrigada, obrigada do fundo do coração! <3