sexta-feira, 2 de setembro de 2011

como sempre

Eu continuo aqui, porque sei que ainda há algo que nos prende um ao outro. Pode ser grande ou pequeno, mas tenho a certeza absoluta que ainda há algo. E não digo isto da boca para fora, digo porque o sinto. Digo porque sinto a cada vez que vejo os teus olhos cruzarem-se com os meus, digo isto porque isto que a cada vez que te toco ou te digo olá o meu coração continua a vibrar e sinto uma faísca como sempre. Já acreditei mesmo que fosse invenção ou impressão minha, mas não é. E por favor, se leres isto, não mintas. Não te mintas a ti próprio, se sentes, diz. Eu gosto de ti, e tu foste alguém que entrou na minha vida derepente, e permaneceste por algum motivo. Então aqui digo. Eu não vou desistir, e acredita, vou conseguir.

Como sempre, com amor, Mariana.

2 comentários:

ms ☮ disse...

amei +.+
acho claro.. tudo a seu tempo. mas acredita que é diferente, ela é a 'mulher da vida dele' : como ele está sempre a dizer. pode ser que ela lhe dê o que eu não pude dar.
obrigada, digo o mesmo (:

ms ☮ disse...

não tens que agradecer (: