domingo, 25 de setembro de 2011

i... you.

Não sei como foi capaz de pensar primeiro no que os outros iriam pensar. Não costumo ser assim.. Não queria pensar assim. Prometo-te que não vou pensar mais. Ves o que me fazes trengo? Mas o que tiver de acontecer acontece não é? Só quero que sejas diferente do resto das pessoas que estiveram na minha vida, só quero isso. E acho que me entendes. Pelo menos eu vejo o esforço para que fazes para eu continuar a sentir a chama que pusseste no meu coração assim derepente. Caramba, chegaste tão distante, eu nem notava. E peço desculpa... Estavas mesmo á minha frente e não te quiz ver por razões obvias. Mas sabes bem que agora não é assim. Apartir de agora, independente do que andarem para aí a dizer de nós, seja porque somos dum lugar ou de outro, se somos da mesma idade ou não, nem vou pensar neles. Nessas pessoas que não conhecem aquilo que há. Gosto tanto de ti, meu totozeco, sabes bem.

10 comentários:

v. disse...

o amor é o sentimento mais bonito que existe, é ele que nos torna fortes e ao mesmo tempo fracos. é ele que nos faz ultrapassar tudo, incluindo o que as outras pessoas falam, com ou sem razão, ninguém tem de se meter no meio do amor.

gostei do teu texto mariana (':

Marta ☮ disse...

pois não ;)
Adoro a música do teu blog! Dear John :D

Sara Martins disse...

gostei querida!

Su disse...

gostei *

R* disse...

Muito obrigada. :)

SofiaSilva. disse...

oh se dói :\ ps. gostei muito do post :)

Sara Martins disse...

De nada fofinha <3

SofiaSilva. disse...

desistir eu não desisto. obrigada <3

Filipa Costa disse...

gostei muito do teu blog!
sigo (:

Filipa' disse...

blog novo, segue *-*