segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Carta para a tua bisa-avó


Óh vó, desculpa-me.. Irritar-te mais uma vez, ou melhor ter-te irritado em tempos tantas vezes, ter sido brava e fria o tempo todo por causa dos meus problemas. Se soubesses o que a tua ausência faz ao meu mundo, e á nossa família... Porra, será que está tudo a desmorenar? Está tudo a cair, está tudo a desistir e a fazer aquilo que tu não querias. Está tudo a chatear-se, tudo a querer aquilo que não merecem de ti. Do outro lado está tudo com ideias fixas e acharem que o mundo reina todo neles, que só eles têm razão. Não quis herdar isso mas sou um pouco assim quando também penso que tenho razão. Está tudo a deitar-me abaixo, a rebaixar todos aqueles que não estão muito bem. Quem me dera puder dizer-te isto, e ver-te a cumprimentar as pessoas passar á tua varanda.. Acenares aos conhecidos e até aos mendigos. Eu estou tão cansada de falsas expetativas, de tantas mentiras, de tantas pessoas, de tanta coisa. Estou exausta disto. Ter todas noites pesadelos ou sonhos aos quais eu não consigo alcançar. Eu bem queria.. Esforçei-me tanto para isso, tu viste. Não pude fazer muito mais, tu sabes. Dei o meu melhor em todos os aspetos, corri atrás das pessoas que mais amava, porque sim, sempre me ensinas-te a ir atrás das pessoas que me faziam bem, e que tinham lugar na minha vida. E é sempre assim... Acabam por ir. Óh vó... Dá um sinal qualquer, ajuda que cá as coisas melhorem. Não aguento mais.

8 comentários:

Margarida. disse...

Gostei do teu blog, sigo-te (:
*Se quiseres passa pelo meu blog...

Sroul. disse...

Oh obrigada fofinha <3

emma disse...

Fico feliz por ti!
Muito obrigada <3

Ivy disse...

muito obrigada minha querida

catarina disse...

vais estar sempre a olhar por ti bé, sabes bem.

sophia disse...

força então doce <3

Victoria disse...

As tuas palavras neste pequeno texto são tão sentidas. Consigo perceber isso na forma como escreves para a tua bisavó e lhe pedes desculpa e lhe contas de como estás farta de tudo. Fases assim, passamos todos. Tem calma, tempos melhores virão. Sabes que sim. Força, e um beijinho

Victoria disse...

Ora, de nada querida. Adoro ajudar as pessoas quando transmitem os seus problemas através de palavras. Acho maravilhoso. Quanto ao recadinho que deixaste no meu cantinho, não podia concordar mais. E já agora, muito obrigada